Close

Ainda n�o � membro? Cadastre-se aqui.

lock and key

Fa�a login na sua conta.

Account Login

Esqueceu seu password?

Satanás: Engana, seduz e destrói

08 abr Posted by in Artigos | Comentários desativados
Satanás: Engana, seduz e destrói
 

Chegou o dia em que os servidores celestiais vieram apresentar-se diante de Deus, o Senhor, e no meio deles veio também Satanás”. (Jó cap.1 vers.6).

O grande conflito entre Cristo e Satanás logo será concluído, e o maligno tem duplicado seus esforços para anular o que Cristo realiza pelos seres humanos. O objetivo dele é manter as pessoas em trevas e sem arrependimento, até que termine a intercessão do Salvador. Quando a indiferença prevalece entre os cristãos, Satanás não se preocupa. Mas quando as pessoas indagam: “O que é necessário fazer para ser salvo?”, ele procura opor seu poder ao de Cristo e neutralizar a influência do Espírito Santo.

Em certa ocasião, quando os anjos de Deus foram se apresentar diante do Senhor, Satanás foi também entre eles, não para se curvar perante o Rei eterno, mas para apresentar seus planos maldosos contra os justos. Ele está presente quando as pessoas se reúnem para adorar a Deus e trabalha com dedicação a fim de controlar a mente dos adoradores. Quando vê o mensageiro de Deus pesquisando a Bíblia, ele anota o assunto que será apresentado ao povo. Então utiliza seu engano e astúcia para que a mensagem não atinja aqueles que ele está enganando nesse exato momento. Aquele que mais necessita da advertência estará envolvido, em alguma operação comercial, ou será de algum modo impedido de ouvir a palavra.

Satanás vê os servos do Senhor preocupados com as trevas que envolvem o povo. Ouve as orações deles pedindo graça e poder divinos para quebrar o encanto da indiferença e indolência. Então, com maior esforço, tenta as pessoas a satisfazerem o apetite ou alguma outra forma de transigência com maus desejos, assim amortecendo a sensibilidade deles, de maneira que deixem de ouvir precisamente as coisas que mais necessitam aprender.

Satanás sabe que todos aqueles que negligenciam a oração e o estudo da Palavra de Deus, serão vencidos por seus ataques. Portanto, inventa todo um artifício possível para ocupar não somente a mente de uma pessoa, mas também toda a parte emocional e psicológica dela. Aqueles que o auxiliam e são sua “mão direita”, estão sempre ocupados enquanto Deus atua. Eles apresentarão os mais determinados e altruístas servos de Cristo como estando enganados ou sendo enganadores. É tarefa de Satanás representar falsamente as intenções de todas as atitudes nobres, difundir insinuações e despertar suspeitas na mente dos inexperientes. Entretanto, é possível ver facilmente o exemplo de quem seguem e a obra de quem fazem. Observe que em (Mateus cap.7 vers.16) diz: “Vocês o reconhecerão por seus frutos”.

 A VERDADE TRANSFORMA :  O grande enganador tem muitos falsos ensinos preparados e adaptados ao gosto daqueles que ele deseja arruinar. É seu plano levar para a igreja pessoas não sinceras, não verdadeiramente convertidas, que estimularão a dúvida e a incredulidade. Muitos que não têm verdadeira fé em Deus concordam com alguns princípios da verdade e aparentam ser cristãos, e assim estão aptos para introduzir seus erros como doutrinas bíblicas. Satanás sabe que a verdade, recebida por amor, santifica a vida. Portanto, procura substituí-la por falsas teorias e fábulas, ou por outro evangelho. Desde o início, muitos os servos de Deus têm lutado com falsos mestres, que não são meramente pessoas corruptas, mas que impõem falsidades fatais. Elias, Jeremias e Paulo, se opuseram firmemente aos que desviavam as pessoas da Palavra de Deus. A ideia de que é sem importância uma fé religiosa correta era apoiada por aqueles santos defensores da verdade.

As interpretações confusas e especulativas sobre a Bíblia e as teorias conflitantes do mundo cristão são a obra do inimigo para confundir a mente das pessoas. A discórdia e divisão entre as igrejas são em grande parte causadas pelo costume de distorcer a Palavra de Deus a fim de apoiar uma teoria apreciada.

Com o objetivo de sustentar doutrinas equivocadas, alguns utilizam textos bíblicos isolados do contexto, citando talvez a metade de um versículo como prova de seu ponto de vista, quando a parte restante mostraria ser exatamente contrário o sentido. Com a astúcia da serpente, protegem-se por trás de declarações desconexas, construídas para satisfazer seus desejos. Outros se apegam a figuras e símbolos, interpretam-nos como acham melhor, desconsiderando o ensino da Bíblia como seu próprio intérprete, e então apresentam suas invenções como ensino de Deus.

 A VERDADE ENVOLVE SACRIFÍCIO :  Quanto menos espirituais e altruístas forem as doutrinas apresentadas, mais facilmente serão aceitas. Satanás está pronto a atender o desejo do coração, e apresenta seus enganos em lugar da verdade. Foi assim que o papado católico dominou a mente das pessoas durante a Idade Média. E, ao rejeirarem a verdade, visto que ela implica em sacrifício, muitos evangélicos estão seguindo o mesmo caminho. Todos aqueles que procuram conveniências e estratégias para não se acharem em desacordo com o mundo, aceitarão “heresias destruidoras”. Observe que em (2 Pedro cap.2 vers.1) diz: “No passado apareceram falsos profetas no meio do povo, e assim também vão aparecer falsos mestres entre vocês. Eles ensinarão dourinas destruidoras e falsas e rejeitarão o Mestre que os salvou. E isso fará com que caia sobre eles uma rápida destruição”.  Quem  olha com horror para um engano, receberá facilmente outro.

 EVIDÊNCIA SUFICIENTE :  Deus deu em Sua Palavra evidência suficiente de que ela possui origem divina. Porém, a mente finita não é capaz de compreender completamente os propósitos do Ser infinito. Observe que em (Romanos cap.11 vers.33) diz: “Quão insondáveis são os Seus juízos e inescrutáveis os Seus caminhos!”.  Podemos perceber amor e misericórdia ilimitados unidos ao poder infinito. Nosso Pai celestial revelará tudo aquilo que é para o nosso bem. Mas, além disso, devemos confiar na mão onipotente, no coração divino repleto de amor.

Deus jamais removerá toda desculpa para a descrença. Todos aqueles que buscarem ganchos em que pendurar suas dúvidas, os encontrarão. E aqueles que se recusarem a obedecer até que toda objeção tenha sido removida, jamais chegarão à luz. O coração não convertido está em inimizade com Deus. Mas a fé é inspirada pelo Espírito Santo e crescerá à medida que for acalentada. Ninguém poderá se tornar forte na fé sem esforço decidido. Se as pessoas permitirem a si mesmas contestar, verão que suas dúvidas constantemente se tornam maiores.

Mas aqueles que duvidam e não confiam na certeza de Sua graça, desonram a Cristo. São árvores infrutíferas que excluem a luz do Sol de outras plantas, fazendo-as atrofiar e morrer na fria sombra. A atitude dessas pessoas será uma constante testemunha contra elas mesmas.

Há apenas um caminho a seguir, para todos aqueles que desejam sinceramente livrar-se das dúvidas: em vez de questionar aquilo que não compreendem, vivam de acordo com a luz que já brilha sobre eles, e receberão maior luz.

Satanás pode apresentar uma imitação tão parecida com a verdade que seja capaz de enganar aqueles que estão dispostos a ser enganados, que desejam se livrar do sacrifício exigido pela verdade. Porém, é impossível a ele reter em seu poder uma só pessoa que sinceramente deseje conhecer a verdade, custe o que custar. Cristo é a verdade.

O Senhor permite que seu povo seja submetido ao ardente teste de tentação, não porque Ele tenha prazer em sua angústia, mas porque isso é indispensável para a vitória final de Seu povo. Se Deus o livrasse da tentação, Ele não seria coerente com Sua própria glória, pois o objetivo do teste é preparar Seu povo para resistir à sedução do mal. Nem perdidos e nem demônios podem excluir a presença de Deus sobre o Seu povo se este confessar e abandonar seus pecados e reivindicar as promessas divinas. Toda tentação, quer expressada, quer secreta, pode ser vencida com êxito “não por força nem por violência, mas por Meu Espírito, diz o Senhor”. (Zacarias cap.4 vers.6).

Em (1 Pedro cap.3 vers.13) diz: “Se, de fato, vocês quiserem fazer o bem, quem lhes fará o mal?”. Satanás sabe que a pessoa mais frágil que permanece em Cristo é mais do que suficiente para competir com as hostes das trevas. Portanto, procura retirar de suas poderosas fortificações os soldados de Cristo, enquanto fica em espreita, pronto para destruir todos aqueles que se arriscam a penetrar em seu terreno. Somente através da confiança em Deus e da obediência a todos os Seus mandamentos, poderemos estar seguros.

Ninguém está livre de perigo por um dia ou uma hora, sem oração. Devemos suplicar ao Senhor por sabedoria para compreender Sua Palavra. Satanás é hábil em citar a Bíblia, dando sua própria interpretação aos textos que deseja utilizar para nos fazer tropeçar. Devemos estudar a Bíblia com coração humilde. Para estar constantemente protegidos das ciladas de Satanás, precisamos orar continuamente: “Não nos deixes cair em tentação”. (Mateus cap.6 vers.13).